Artigos

Ponto de Vista - Dezembro Cristianismo

Edição:

Dezembro/19 | Nº 04

 image002 1

Editorial:

Este espaço destina-se à publicação de reflexões temáticas, alinhadas às necessidades do cotidiano e com foco em assuntos escolhidos a cada mês, sempre baseadas nas opiniões e pontos de vista pessoais de cada membro convidado da Igreja Metodista em Água Fria, para que possam expressar seus talentos, trazendo edificação, testemunho e estímulo pela leitura.

As opiniões aqui expressas não representam a posição oficial da Igreja Metodista, mas as ideias e sentimentos particulares de cada um dos colunistas.

A profunda piedade que deve marcar a vida cristã é muito bem acompanhada do sincero esforço intelectual e do desafio sempre constante de conectar a fé cristã à realidade concreta e aos dilemas contemporâneos que nos cercam.

Este espaço é mais uma tentativa nesse esforço, em que o debate, a exposição de ideias e diferentes pontos de vista devem se fazer acompanhar das marcas indeléveis da verdadeira sabedoria e da caridade cristã.

Apesar dos diferentes conceitos e posições expressos neste nosso espaço democrático das ideias, queremos sobrelevar o fator de unidade em torno do qual nos reunimos todos: Jesus Cristo, nosso Senhor, em quem, por quem e para quem todas as coisas, nos céus e na terra, foram criadas.

A ele seja a glória para todo o sempre!

Amém.

CRISTIANISMO EQUILIBRADO

 image004 1

Jesus, por exemplo, ao mesmo tempo em que disse que não veio para abolir a lei, mas cumpri-la (...), curou no sábado, que deveria ser guardado, falou com mulheres publicamente, andou com prostitutas, tocou em leprosos e mais do que tudo, foi um grande crítico da instituição judaica.

“Meu filho, guarde consigo a sensatez e o equilíbrio, nunca os perca de vista; trarão vida a você e serão um enfeite para seu pescoço. Então, você seguirá seu caminho em segurança e não tropeçará” (Provérbios 3.21-23)

Em dezembro, quando celebramos o nascimento do nosso salvador, usualmente também utilizamos esse mês para refletir sobre o ano que passou e o que está por vir. Ao pensar sobre a realidade em que estamos inseridos, diga-se, Brasil, Igreja Metodista, e Igreja Metodista em Água Fria, motivado pela leitura do livro “Cristianismo Equilibrado”, de John Stott, gostaria de convidá-lo(a) a refletir sobre o equilíbrio ensinado pelo mestre Jesus Cristo. Em sua obra, Stott nos mostra como é saudável o equilíbrio nos temas que mais dividem as nossas igrejas, como razão e emoção, conservadorismo e radicalismo, forma e liberdade, evangelismo e ação social, dentre outros. Apesar de correr o risco de alguns o chamarem de “em cima do muro”, ou ``isentão´´, na linguagem de hoje (risos), me convenci de que esse é o melhor modelo para uma igreja e um país saudável. Jesus, por exemplo, ao mesmo tempo em que disse que não veio para abolir a lei, mas cumpri-la (João 10.35; Mateus 5.17-18), curou no sábado, que deveria ser guardado, falou com mulheres publicamente, andou com prostitutas, tocou em leprosos e mais do que tudo, foi um grande crítico da instituição judaica. Através desses exemplos podemos afirmar que Jesus seria chamado de conservador por uns e subversivo por outros. Vivemos um ano turbulento em nosso país, onde ainda estamos divididos pelas eleições e um ano delicado como instituição igreja metodista, especialmente no que tange às nossas universidades. Em relação a nossa igreja local, tivemos uma recente troca de pastor, e estamos passando por troca de liderança. Que possamos guardar conosco sensatez e equilíbrio, como nos recomenda o livro de provérbios (Provérbios 3:21-23). Desejo um natal abençoado a você e sua família!

fabio.

Dados do autor:

Fabio Balieiro. Marido da Simone e discípulo de Jesus. Apaixonado por música e integrante do Ministério de Louvor.

E-mail para contato:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. "> O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Idealizador:

Pr. Luis Carlos Araújo

 

Responsável:

Cezar Carvalho Nunes

Min. Comunicação

 

Produção e Design:

Levon Behisnelian Filho

CRISTIANISMO: AO APAGAR DAS LUZES NATALINAS

 image007 1

Sabe aquela sensação de estar enxergando um céu embaçado e sem estrelas, porque as luzes da cidade grande nos impedem de ver com nitidez? Pois esta é a mesma sensação que eu tenho nessa época do ano.

"Exerçam a sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo, para que assim (...) fique eu sabendo que vocês permanecem firmes num só espírito, lutando unânimes pela fé evangélica".
(Filipenses 1:27)

Convido-o(a) a meditarmos juntos sobre o que é o cristianismo puro e quais as diversas formas de constantinianismos presentes em nossos dias.

Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, é a primeira personagem que gostaria de destacar. Este homem, insistindo pela apelação à Corte Romana, à custa de sua própria vida (executado em 64 ou 67 d.C.), teve a oportunidade e o privilégio de levar o evangelho da periferia do Império (Judéia e Samaria), para ser conhecido na capital do mundo de sua época, a cidade de Roma.

Outro nome de destaque: Constantino I, imperador romano que retirou o cristianismo da clandestinidade ao assinar o Édito de Milão (313 d.C.). Embora o próprio imperador tenha oscilado a vida inteira entre o paganismo e a nova religião, esta promulgação contribuiu para pôr fim às perseguições aos cristãos e para a progressiva cristianização do Império, colaborando na expansão da mensagem do evangelho pela Europa.

Sob um único aspecto, Paulo e Constantino serviram aos propósitos divinos de tornar o Filho de Deus conhecido no mundo. Tendo o primeiro empenhado sua vida, esforços, tempo e disposição para esta causa. Enquanto o segundo, dividiu-se entre o simbolismo da cruz e sua devoção a Mitra, celebrado no solstício de inverno, entre 22 e 25 de dezembro.

O QUE QUERO DIZER COM ISTO? Muitas coisas trazidas para o cristianismo não são genuínas. São constantinianismos que importamos para nosso próprio conforto: luzes coloridas, árvores enfeitadas, etc. Ao apagar das luzes natalinas, que você possa enxergar com nitidez o que mais importa: o Cristo encarnado para redenção, revalorização e dignificação da raça humana. Olhe para o próximo com esta mesma consideração piedosa. E resinifique sua vida a partir do valor e do amor que lhe são dispensados por Deus.

.ph

Dados do autor:

Paulo Henrique Oliveira Costa tem 51 anos, é casado com Maristela Alves Costa e (juntos) têm 5 filhos e uma netinha linda de 2 anos. Esteve integrado à IMAF de 2016 a 2019, tendo atuado como professor da Escola Bíblica de crianças e de jovens. Atua profissionalmente através de sua empresa de consultoria. Cursou pós-graduação em filosofia na Universidade Gama Filho de São Paulo e tem três livros publicados: Alegria, Entusiasmo para viver (Vida Cristã, Ed. Fôlego, 2009); Debaixo do sol, correndo atrás do vento (Filosofia, Ed. Nossa Casa, 2014); O Leopardo e o menino (Infantojuvenil, Ed. Porto de Ideias, 2016).

E-mail para contato:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ">mailto: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

CRISTIANISMO CRISTOCÊNTRICO

 image010 1

 

O Cristianismo é muito mais que uma religião histórica ou doutrinária. É um movimento Cristocêntrico em que Jesus Cristo - o doutrinador, é o centro de toda existência humana. Jesus Cristo é a própria essência.

 

"Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele".

(João 3:17)

 

O Cristianismo, dentre as 03 maiores religiões monoteístas e “de livro” do mundo passa por momentos de provação. Estimada como a religião escolhida por 33% da população mundial, dividindo com o islamismo (22%) e o judaísmo mais outras religiões (43%), o Cristianismo histórico é reconhecido por meio da doutrina de Jesus Cristo escrita nos Evangelhos. Cristo é tido como um grande profeta por muitas outras religiões. Vemos a tendência de crescimento radical do islamismo, mesmo em nosso país de tradição cristã e o Cristianismo Evangélico percebendo baixas nos templos e nos ministérios.

Mas o Cristianismo, tão lembrado nessa época do ano, é muito mais que uma religião histórica, é um movimento essencialmente Cristocêntrico. Jesus Cristo é a essência de toda a doutrina, de toda a fé e de toda a devoção. Isso significa que o Cristianismo é um movimento que ainda desperta emoções, que arranca lágrimas de seus fiéis, que fala à alma e aos ouvidos espirituais do adorador. Ele é a verdade eterna (João 8.32) é a religião de milagres, de cura física, espiritual e da alma, é o movimento que se mostra vivificante, que valoriza a vida que transforma os incautos e incrédulos; doentes e lunáticos; fanáticos e radicais.

A Bíblia nos ensina que muitos serão chamados, mas poucos os escolhidos (Mateus 22.14). A porcentagem a respeito do Cristianismo global ainda pode diminuir mais à medida que os cristãos não se apossam dessa verdade que liberta e salva. Deus fez uma aliança do Adão, com os patriarcas e conosco. Nos prometeu vida eterna e salvação. Jesus Cristo é o ÚNICO CAMINHO para o cumprimento dessa promessa, não há outra hipótese, respeitando-se quem pense de outra forma, mas a Palavra é clara: EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA (João 14.6a), Cristo é o cumprimento de toda promessa.

 

evandro.

Dados do autor:

EVANDRO TEIXEIRA ALVES, 54 anos, coronel aposentado, teólogo, mestre em Eclesiologia e Doutor em Ciências Policiais, é casado com CARLA LAURINO TEIXEIRA ALVES e pai de VITÓRIA TEIXEIRA ALVES. Atualmente, trabalha como Consultor na área de Engenharia e Prevenção Contra Incêndio. É professor no Ministério de Ensino da IMAF, corista e cooperador no Projeto de Discipulado. Já serviu em quase todos os ministérios da Igreja. Tem experiência na docência por mais de 28 anos e tem um livro escrito sobre Eclesiologia.

E-mail para contato:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. "> O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

NATAL: CELEBRAR EM FAMÍLIA, CELEBRAR COMO IGREJA!

 image013

 

A Igreja precisa ser uma voz que anuncia, como os anjos anunciaram. Precisa ser uma luz que brilha, como a estrela que guiou aqueles homens até Jesus!

 

"Estou aqui para lhes trazer boa-nova de grande alegria, que será para todo o povo: é que hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor”. (Lucas 2.10b-11)

 

O Natal é uma festa cristã, pois está totalmente associada ao nascimento de Jesus. É o tempo em que os cristãos e cristãs de todo o mundo se reúnem para celebrar a vinda do Salvador, é tempo de trazer a memória todos os eventos relacionados ao seu nascimento, como a participação dos anjos que anunciaram a Maria, a José e aos pastores a respeito de Jesus, ou ainda, a estrela que guiou os magos.   No entanto, nem todas as pessoas se consideram cristãs ou reconhecem o cristianismo, e mesmo assim, muitas celebram o tempo do Natal, porém, lhe conferindo outros significados, geralmente associados a família, boas ações, felicidade, entre outros, fato que também se dá na festa da Páscoa. Penso que é importante a valorização das coisas boas, da família, das boas ações, mas isso não deve estar associado apenas ao tempo do Natal, deve ser constante. Penso também que, embora muitos não reconheçam o verdadeiro sentido do Natal, a Igreja precisa continuar a ser uma voz que anuncia, como os anjos anunciaram, precisa ser uma luz que brilha, como a estrela que guiou aqueles homens até Jesus. A igreja não pode se render à forma como o mundo vive o tempo do Natal, ainda que existam pormenores, a Igreja precisa continuar a ser uma voz que proclame as boas novas de alegria: “Nasceu Jesus, e Ele é o Cristo, o Nosso Salvador”!
Feliz e abençoado Natal! Celebre em família, mas celebre também como Igreja do Senhor!

 

.leia

Dados da autora:

Rosiléia Flausino Dias AraÚjo, casada com o Pastor Luis Carlos Araújo, mãe de 3 filhos muito amados (1 rapaz e 2 moças). Formada em Pedagogia, trabalha como Redatora de revistas para Escola Dominical. Evangelista pela Igreja Metodista, da qual faz parte a 54 anos. Atualmente participa da Igreja Metodista em Água Fria, servindo na Escola Dominical e no Ministério com crianças.

E-mail para contato:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. "> O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Contato

Igreja Metodista Água Fria

Rua Corneteiro Jesus, 304 - Água Fria - São Paulo - SP
CEP 02336-030 - Tel: 11 2597-0187 | 11 2597-0193

CEI AMAS Água Fria

Av. Água Fria, 308
Tel: 2959-4114

Redes Sociais:

Cadastre-se

Receba nossos informativos e novidades.




Warning: file(http://www.escmba.com/201807/20180716.txt) [function.file]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/igrejametodistaaguafria/www/templates/yoo_downtown/layouts/template.php on line 190